Alfabetizada aos 65 anos, escritora realiza sonho de abrir Biblioteca Comunitária | CAPESP – Centro Associativo dos Profissionais de Ensino do Estado de São Paulo

Alfabetizada aos 65 anos, escritora realiza sonho de abrir Biblioteca Comunitária

Convite Biblio Comunitária
Print Friendly
Um sonho está prestes a se tornar realidade na vida de Lydia da Silva Gonçalves, de 77 anos. Alfabetizada aos 65 anos, iniciou os estudos na Educação de Jovens e Adultos (EJA) e, em 2011, concluiu o curso de pedagogia em uma universidade privada. Agora, o amor pelos livros será compartilhado com a implantação de uma Biblioteca Comunitária, improvisada na garagem de casa. O lançamento está marcado para sábado (31), às 15 horas, na Rua Mogi das Cruzes, 310, Estância Santa Cruz.
Pisou pela primeira vez numa biblioteca na escola e imediatamente se apaixonou pelas letras. Em concurso de poemas quando era estudante no ensino médio dedicou-se a por no papel tudo o que passou na vida. E o resultado, além da premiação, foi o incentivo para escrever sua história, só que agora nas páginas de dois livros: ‘A Felicidade está a sua espera’ (2007) e ‘Mosaico caiçara’ (2008). A partir daí surgia a ideia de abrir um espaço reservado para a leitura em que todos tenham acesso.
A coleção da escritora contém 1.320 volumes, grande parte dos livros doada pela Biblioteca Municipal Poeta Paulo Bomfim. Além das doações, a Biblioteca Municipal contribuiu também com a organização do espaço e do acervo. Para a bibliotecária Maraléia Menezes, é importante apoiar iniciativas que facilitem o acesso ao livro e a leitura “As Bibliotecas Comunitárias são importantes espaços de desenvolvimento e empoderamento de uma comunidade, elas facilitam o acesso à informação, à cultura, ao lazer e à educação”.
O acervo de Lydia, que também é integrante da Academia Itanhaense de Letras, ganha cor com a grande variedade de livros como romance, contos, história, literatura infantil, física, geografia, culinária, pintura, dicionários, enciclopédia e outros.
A escritora diz ter lido mais de mil livros e periódicos. Entre os quais os volumes completam o acervo que será disponibilizado para a população. “Existe uma pesquisa que diz que o brasileiro lê de um a quatro livros por ano. Isso é um absurdo, muito pouco”, contesta.
Após o lançamento oficial da Biblioteca Comunitária, o espaço ficará aberto todos os dias das 9 às 17 horas. Os empréstimos funcionarão com o preenchimento de fichas e data de devolução. Além disso, ela dedicará uma hora do dia para auxiliar estudantes residentes da região nas tarefas escolares.
“Foi o livro que me deu a vida e isso eu não quero só para mim. Coloquei a Biblioteca na garagem de casa para que as pessoas tenham acesso a essas obras.
Só consegui ser alfabetizada depois de 65 anos porque antes eu tinha que trabalhar na roça para ajudar a minha família. Agora, com o apoio da Biblioteca Municipal pude realizar o meu sonho”, explica Lydia.
Leitores de qualquer lugar podem contribuir para a ampliação do acervo com a doação de livros na própria Biblioteca Comunitária.
Por Secretaria de Comunicação Social
BIBLIOTECA MUNICIPAL POETA PAULO BOMFIM
Rua Cunha Moreira, 71 – Centro
11.740-000 – Itanhaém - SP
Fone: (13) 3426-1477
Você pode deixar um comentario, or trackback a partir do seu proprio site.

Deixe seu Comentario

You must be logged in to post a comment.

Powered by WordPress | Download Free WordPress Themes | Thanks to Themes Gallery, Premium Free WordPress Themes and Free Premium WordPress Themes